Suplementação com Fitoesteróis e Red Yeast Rice, promovem redução do LDL-c e Apolipoproteína B.

por INSTITUTO HI-NUTRITION / 12 Janeiro 2018 / Estudo Científico

Introdução


Um número relativamente grande de suplementos dietéticos e nutracêuticos foram estudados pela capacidade suposta ou demonstrada de reduzir a colesterolemia em humanos. Nutracêuticos são encontrados em produtos emergentes da indústria de alimentos, o mercado de suplementos dietéticos e fitoterápicos, e indústria farmacêutica. Eles podem variar de nutrientes isolados, produtos à base de plantas, suplementos dietéticos, que incluem principalmente fibras solúveis, fitoesteróis, proteínas de soja, ácidos graxos poli-insaturados ômega 3, monacolinas, policosanóis, berberina e extratos de alho.

 

Os fitoesteróis (esteróis vegetais e estánois) são constituintes naturais da membrana celular das plantas, no qual desempenham um papel semelhante ao do colesterol nos seres humanos. Estruturalmente, eles também são semelhantes ao colesterol, com apenas pequenas diferenças na posição relativa dos grupos etil e metil. Esta semelhança pode sugerir a sua capacidade de redução do colesterol. Além disso, vários ensaios clínicos demonstraram consistentemente que a ingestão de 2-3 g / dia de esteróis vegetais está associada a redução significativa (entre 4% e 15%) de LDL-colesterol.

 

O Red Yeast Rice é um suplemento obtido a partir da fermentação de Monascus purpureus. A levedura Monascus produz monacolinas, incluindo a monacolina K. As monacolinas atuam como inibidores reversíveis da 3-hidroxi-3-metil-glutaryl-coenzima A (HMG-CoA) redutase, a principal enzima na biossíntese de colesterol. Além dos inibidores da HMG-CoA redutase, verificou-se que o Red Yeast Rice contém esteróis (β-sitosterol, campesterol, estigmaster e sapogenina), isoflavonas e glicosídeos de isoflavonas e ácidos graxos monoinsaturados, todos capazes de diminuir LDL-Colesterol. Recentemente, o Red Yeast Rice tem sido usado para baixar os níveis de colesterol LDL em pacientes que tiveram que interromper o uso de medicação estatina devido a dores musculares, confirmando sua boa tolerabilidade, tanto em termos de alterações nos parâmetros bioquímicos quanto na gravidade da dor muscular.

 

Objetivo do Estudo


O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de fitoesteróis, red yeast rice ou a associação de ambos no perfil lipídico. Neste estudo, 90 indivíduos moderadamente hipercolesterolêmicos foram divididos em 3 grupos no qual receberam 800 mg de fitoesteróis ao dia (Grupo 1), Red Yeast Rice Padronizado em 5 mg de Monacolinas (Grupo 2) ou fitoesteróis + red yeast rice (Grupo 3).


Resultados


  • Após 8 semanas de tratamento, o grupo 1 não apresentou uma variação significativa dos parâmetros lipídicos;

  • O grupo 2 obteve uma redução significativa do LDL-colesterol (-20,5% vs. Início do estudo) e Apolipoproteína B (-14,4% vs. Início do estudo);

  • O grupo 3 também apresentou alterações no LDL-colesterol (-27,0% vs. Início do estudo) e Apolipoproteína B (-19,0% vs. Início do estudo).

 

Conclusão

A associação de fitoesteróis e Red Yeast Rice teve um efeito aditivo na redução do colesterol, atingindo uma redução clinicamente significativa de LDL-colesterol em pacientes com hipercolesterolemia moderada.

 

Referência

Cicero AFG1, Fogacci F1, Rosticci M1, Parini A1, Giovannini M1, Veronesi M1, D'Addato S1, Borghi C1. Effect of a short-term dietary supplementation with phytosterols, red yeast rice or both on lipid pattern in moderately hypercholesterolemic subjects: a three-arm, double-blind, randomized clinical trial. Nutr Metab (Lond). 2017 Sep 25;14:61. doi: 10.1186/s12986-017-0214-2. eCollection 2017.

Receba este e outros estudos direto no seu e-mail.
Preencha o Formulário e Fique Sempre Atualizado!

TOP