Nutrição Funcional

por Equipe Hi-Nutrition / 6 Novembro 2019 / Conhecimento

O que é nutrição funcional

Desenvolvida em 1990, pelo médico Jeffrey Bland, a nutrição funcional baseia-se na compreensão das individualidades bioquímicas de cada indivíduo e a interação entre todos os sistemas do corpo, incluindo relações existentes entre aspectos emocionais e funcionamento físico.

Princípios básicos da nutrição funcional


Individualidade bioquímica

Devido à grande parte da expressão de nossos genes depender do meio ambiente, a nutrição funcional busca entender a interação de cada genética com relação à alimentação e elementos ambientais (como, por exemplo, poluentes, estresse mental e toxinas) para inibir aqueles associados a doenças e elevar os associados à saúde. Essas necessidades nutricionais e a sensibilidade ambiental de cada pessoa, baseadas em fatores genéticos que controlam o metabolismo, representam nada mais, nada menos que a individualidade bioquímica!

Tratamento focado no paciente

O indivíduo é tratado como um conjunto de sistemas que se relacionam e sofrem influências de fatores emocionais, ambientais, alimentares, patológicos, uso de medicamentos, hábitos de vida e atividade física. Em contrapartida à medicina tradicional, o método é focado no paciente, e não na doença. 

Equilíbrio nutricional e biodisponibilidade de nutrientes

Para haver uma absorção adequada de nutrientes, bem como seu aproveitamento pelas células, faz-se necessário a sua oferta em proporções adequadas e em equilíbrio com os demais. 

A biodisponibilidade de um nutriente consumido pode ser definida como sua acessibilidade para processos metabólicos e fisiológicos, ou seja, a eficácia com que um item da dieta é utilizado sistematicamente por meio de vias metabólicas normais.  

A biodisponibilidade é uma ação de resposta, fruto da interação entre dieta, nutriente e indivíduo, e pode ter influências benéficas em níveis fisiológicos.

Relações com fatores fisiológicos

Tendo em mente que as funções do nosso corpo estão conectadas entre si, a rede da nutrição funcional considera a inter-relação mútua de todos os processos bioquímicos internos, de forma que uma gera influência na outra, ocasionando desordens que atingem diversos sistemas, corrigindo a causa em vez de apenas os sintomas genéricos.

Saúde como vitalidade positiva

Saúde não é apenas a ausência de enfermidades, e sim o fruto de várias relações entre os sistemas orgânicos. Por isso, analisa-se diversos sinais e sintomas físicos, mentais e emocionais que podem ser a base dos problemas apresentados.

TOP