Glucomannan + G. cambogia

por / 18 Abril 2021 / Conhecimento

Introdução


A obesidade é um problema crescente que causa morbidade e mortalidade significativas. A eficácia de terapias convencionais em alguns casos é limitada, e diversos tratamentos alternativos são sugeridos para serem utilizados na redução do peso. Muitos fitoterápicos e suplementos dietéticos como a Garcinia cambogia e o glucomannan têm sido utilizados.


Glucomannan (Amorphophallus konjac)


É uma fibra natural que tem demonstrado, em estudos clínicos, reduzir os níveis de colesterol total e LDL-colesterol. Outros estudos têm demonstrado ainda que este ativo também é capaz de melhorar o metabolismo dos carboidratos, os movimentos e a ecologia colônica.

Alguns autores sugeriram que o glucomannan é capaz de absorver 50 vezes o seu peso em volume de água, essa fibra preencheria o estômago retardando o esvaziamento gástrico o que levaria a uma sensação de saciedade e redução do apetite.


Garcinia cambogia
Garcinia cambogia ou garcínia contém ácido hidroxicítrico (HCA), um inibidor competitivo da ATP-citrato liase. O HCA reduz o pool de acetil CoA, limitando a biossíntese de ácidos graxos. A G. cambogia reduz o apetite o que contribui também para redução do peso.


Resultados


Estudo conduzido por Maia-Landim et al. (2018) avaliaram os efeitos da administração de Garcinia cambogia e glucomannan em pacientes com excesso de peso. Os resultados obtidos foram: 


  • O tratamento foi eficaz na diminuição do peso, redução da gordura visceral, dos níveis lipídicos e foi observado também um aumento da taxa metabólica basal.

TOP